Com pacote de soluções, Creditas entra de vez no mercado de RH

Antecipação de salário, produto da Creditas (Crédito: Reprodução/site)
Antecipação de salário, produto da Creditas (Crédito: Reprodução/site)

Leia as edições anteriores da Finsiders

Creditas lança hoje o Creditas @Work, um pacote de soluções para o RH das empresas. Esse ambiente junta num só lugar a oferta que a fintech tem para esse público, como empréstimo consignado privado, plataforma de compras com desconto na folha (Creditas Store), antecipação salarial e conteúdos de educação financeira para os colaboradores das empresas.

A fintech de Sergio Furio passa a oferecer também um cartão de benefícios flexíveis controlado pelo app, que reúne soluções de alimentação, refeição, mobilidade, cultura, saúde e educação. Com esse novo produto, a Creditas começa a disputar um mercado que ganhou novos players nos últimos anos, como CajuFlash Vee, e hoje é dominado pelas bandeiras AleloTicketVR Sodexo.

Em breve, o portfólio da Creditas terá previdência privada, além de outros serviços para o RH. Em nota, Sergio Furio, CEO da Creditas, disse:

“Creditas @Work chega para atender as necessidades das empresas por soluções inovadoras, tecnológicas e digitais. Nosso maior objetivo é aumentar a satisfação e a motivação dos colaboradores e otimizar o tempo e o investimento dos departamentos do RH. Queremos incentivar a elevação da figura do RH Herói, o ajudando como consultores e solucionadores.”

Diversificação de receita

Conhecida pelo crédito com garantia de imóvel e, depois, veículos, a Creditas começou a apostar no segmento de RH em 2019 ao comprar a fintech de crédito consignado Creditoo.

Antecipação de salário, produto da Creditas (Crédito: Reprodução/site)
Antecipação de salário, produto da Creditas (Crédito: Reprodução/site)

No início deste ano, lançou a loja virtual Creditas Store, onde os funcionários das empresas podem comprar eletrônicos, eletrodomésticos, móveis e até cursos online com desconto das parcelas na folha de pagamento.

Há dois meses, a fintech colocou no ar a antecipação de salário, que permite adiantar até 40% do salário, com crédito transferido em até dois dias. Já o empréstimo consignado pode ser contratado para valores de R$ 1 mil a R$ 50 mil, com juros a partir de 0,99% ao mês.

Crescimento

Em julho, a Creditas chegou a R$ 1 bilhão em empréstimos liberados, um volume 2,2 vezes maior em relação ao montante registrado em agosto do ano passado. A expectativa é atingir R$ 1,6 bilhão até o fim de 2020.

Nos últimos 12 meses, até junho, a Creditas registrou receita de R$ 260 milhões. Já a margem líquida de clientes foi de R$ 140 milhões no período. As emissões de FIDCs e CRIs somaram R$ 438 milhões no primeiro semestre e a fintech planeja mais R$ 400 milhões no terceiro trimestre.

Há algumas semanas, a fintech também anunciou o lançamento do Creditas Home, solução para quem quer comprar, vender e reformar imóveis. Com isso, a fintech passa a atuar em todos os estágios da relação de uma pessoa com um imóvel: antecipação da venda, para quem está vendendo ou trocando; assessoria imobiliária e reforma.

Desde o início do negócio, a Creditas captou R$ 1,2 bilhão em sete rodadas e é frequentemente colocada em listas como candidata a unicórnio — há quem diga que já atingiu o patamar.

A empresa criada pelo espanhol Sergio Furio nasceu em 2012 (lembro-me de tomar um café com ele na antiga sede do BankFacil, o primeiro nome da Creditas) e começou com uma equipe enxuta, de 60 pessoas no fim de 2015. Dois anos depois, chegou a 270 profissionais. Hoje tem mais de 1.600 tripulantes, como a fintech chama os funcionários.

>> Leia outras reportagens da Finsiders

Tags:

Assine a newsletter
gratuita!

Os principais empreendedores, investidores e executivos do setor leem.
Junte-se a eles:

Siga nosso canal no WhatsApp!

Leia mais

Newsletter

Receba o Finsiders no seu e-mail