Inter passa de 7 milhões de correntistas

inter_marketplace
Ecossistema do Inter (Crédito: Reprodução/site)

O Inter — que agora quer ser chamado assim, sem a palavra “banco” — divulgou no fim da semana passada uma prévia operacional dos seus resultados do terceiro trimestre. No período, a empresa atingiu 7,2 milhões de correntistas, mais do que o dobro em relação ao mesmo intervalo de 2019.

Para se ter uma ideia, quando entrevistei Priscila Salles, CMO do Inter, em janeiro, a expectativa era de dobrar a carteira de clientes, de 4 milhões para 8 milhões, até o fim de 2020. Ao que tudo indica, esse número será superado, dada a velocidade de crescimento de novos correntistas.

inter_marketplace
Ecossistema do Inter (Crédito: Reprodução/site)

Em setembro, por exemplo, o ritmo foi de abertura de 20 mil contas por dia útil, enquanto o cross selling index — que mede a quantidade de produtos adquiridos por cada cliente — atingiu 2,94 pontos, ante 2,68 no terceiro tri de 2019. A originação de crédito, por sua vez, também dobrou, para R$ 2,5 bilhões, puxado por operações para empresas (R$ 1,3 bilhão).

Com posicionamento de super app, a instituição mineira fez um follow-on no mês passado de R$ 1,2 bilhão e se prepara para lançar novos produtos e serviços, além de expandir os negócios por meio de aquisições estratégicas. Como concorrentes, a empresa enfrenta bancos digitais igualmente capitalizados, como Nubank e Neon, mas também varejistas e marketplaces com bastante apetite por novos serviços financeiros digitais, como Mercado Pago e Magalu.

Confira mais números da prévia operacional do 3º trimestre do Inter:

  • Cerca de R$ 5,2 bilhões transacionados em cartões no terceiro trimestre, alta anual de 135%
  • Originação de R$ 542 milhões em crédito imobiliário, crescimento de 53% ante terceiro trimestre de 2019
  • Originação de R$ 681 milhões em consignado, evolução anual de 132%
  • Produção do crédito Empresas cresceu 114% e atingiu R$ 1,3 bilhão, puxado pelas operações de supply chain finance
  • No marketplace (Inter Shop), as transações (GMV) foram de R$ 376,6 milhões e saltaram 207% em relação ao segundo trimestre de 2020
  • Mais de 760 mil clientes compraram no marketplace no trimestre
  • Na plataforma aberta de investimentos, são 970,5 mil investidores ativos, com crescimento anual de 187%; com ações custodiadas, são 310 mil clientes

Leia outras notícias curtas, mas sempre com contexto, sobre o setor

Tags:

Assine a newsletter
gratuita!

Os principais empreendedores, investidores e executivos do setor leem.
Junte-se a eles:

Siga nosso canal no WhatsApp!

Leia mais

Newsletter

Receba o Finsiders no seu e-mail