Ebanx compra Remessa Online por R$ 1,2 bilhão

Unicórnio Ebanx demite cerca de 340 funcionários, 20% do quadro
Foto: Reprodução/Instagram Ebanx

[et_pb_section fb_built=”1″ admin_label=”Título do Artigo – NÃO MEXER!” _builder_version=”4.9.5″ _module_preset=”default” background_image=”https://finsiders.com.br/wp-content/uploads/2021/05/BG-Live.png” global_colors_info=”{}”][et_pb_row _builder_version=”4.9.4″ _module_preset=”default” global_colors_info=”{}”][et_pb_column type=”4_4″ _builder_version=”4.9.4″ _module_preset=”default” global_colors_info=”{}”][et_pb_post_title date_format=”d/m/Y” comments=”off” featured_image=”off” _builder_version=”4.9.4″ _module_preset=”default” title_font=”Montserrat||||||||” title_text_color=”#023146″ title_font_size=”40px” meta_font=”Montserrat||||||||” meta_font_size=”18px” text_orientation=”center” global_colors_info=”{}” author__hover_enabled=”on|desktop”][/et_pb_post_title][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section][et_pb_section fb_built=”1″ specialty=”on” _builder_version=”4.9.5″ _module_preset=”default” global_colors_info=”{}”][et_pb_column type=”2_3″ specialty_columns=”2″ _builder_version=”3.25″ custom_padding=”|||” global_colors_info=”{}” custom_padding__hover=”|||”][et_pb_row_inner _builder_version=”3.25″ background_size=”initial” background_position=”top_left” background_repeat=”repeat” global_colors_info=”{}”][et_pb_column_inner saved_specialty_column_type=”2_3″ _builder_version=”3.25″ custom_padding=”|||” global_colors_info=”{}” custom_padding__hover=”|||”][et_pb_post_title title=”off” meta=”off” force_fullwidth=”off” admin_label=”Imagem do artigo – NÃO MEXER!” _builder_version=”4.9.5″ _module_preset=”default” global_colors_info=”{}”][/et_pb_post_title][et_pb_text admin_label=”Texto do Artigo” _builder_version=”4.14.2″ text_font=”Montserrat||||||||” background_size=”initial” background_position=”top_left” background_repeat=”repeat” text_orientation=”justified” hover_enabled=”0″ global_colors_info=”{}” sticky_enabled=”0″]

O Ebanx, fintech de pagamentos, acaba de anunciar a compra da Remessa Online, especializada em remessas internacionais para pessoas físicas e PMEs. A transação supera R$ 1,2 bilhão.

Com a tecnologia da Remessa Online, o unicórnio curitibano vai alacancar seus serviços de pagamentos que conectam marcas globais da economia digital, como Spotify e Airbnb, a consumidores latinoamericanos, ao mesmo tempo em que acelera a expansão dos seus negócios.

Fundada por Alexandre Liuzzi, Fernando Pavani e Marcio William, a Remessa Online está em operação desde 2016. A fintech encerra o ano com mais de US$ 5,2 bilhões movimentados desde seu lançamento, há cinco anos.

No início do ano, inclusive, a empresa chegou à marca de um terço do market share nas operações de envio de recursos por pessoas físicas e já é uma das cinco maiores empresas em quantidade de operações de remessas registradas no Banco Central (BC).

Desde que foi fundada, a Remessa Online chegou a captar mais de R$ 122 milhões — a última rodada foi em junho do ano passado, quando levantou R$ 110 milhões em um aporte liderado pela Kaszek, com participação de Kevin Efrusy, sócio do fundo americano Accel, e da Bewater Ventures.

Inicialmente com foco em PFs, há dois anos a fintech lançou uma solução para pequenas e médias empresas (PME), que vem sendo acelerada nos últimos meses.

Em entrevista recente ao Finsiders, o sócio Alexandre Liuzzi disse que a fintech está se estruturando para atender clientes maiores, como exportadores e importadores. A ideia é que esse projeto saia do papel no ano que vem, junto com outros produtos e serviços.

O objetivo é se posicionar cada vez mais como um player relevante no mercado internacional. Segundo o empreendedor, o mercado de pagamentos B2B cresceu 26% no ano passado, em relação a 2019. “A gente pretende ser viabilizador desse crescimento”, afirmou, na ocasião.

Com o Ebanx, os planos agora parecem fazer ainda mais sentido dada a robustez da fintech curitibana no mercado B2B. A empresa, inclusive, vem ampliando sua atuação como parte da estratégia de crescimento.

Em outubro, o Ebanx anunciou a conclusão da compra da Juno, fintech B2B que fornece soluções de cobrança, pagamentos, conta digital e uma série de serviços bancários. No início do ano, a empresa comprou 30% do Banco Topázio, que possui uma operação forte de banking as a service (BaaS).

A nova aquisição ocorre num momento em que o Ebanx se prepara para abrir capital na Nasdaq. Tanto é que enviou à SEC há dois meses um ‘filing’ confidencial, numa operação que pode avaliar o negócio em mais de US$ 10 bilhões, conforme reportagem da Bloomberg.

Em junho, a fintech levantou uma rodada de US$ 430 milhões com a Advent International. No total, desde a fundação em 2012, o Ebanx captou US$ 460 milhões, conforme o Crunchbase.

“Estamos entusiasmados com a chegada da Remessa Online neste momento da história do Ebanx. Acreditamos que a complementaridade de atuação permitirá atender melhor os clientes EBANX na América Latina, ao mesmo tempo que poderemos acelerar e expandir os planos da Remessa”, explica João Del Valle, cofundador e CEO do Ebanx, em comunicado.

Com a aquisição, o portfólio será ampliado tanto para os clientes do Ebanx, quanto para os clientes da Remessa Online, especialmente em serviços de pagamentos internacionais B2B e B2C, ao mesmo tempo em que possibilita que os consumidores latinoamericanos tenham acesso às grandes marcas de todo o mundo, afirma Wagner Ruiz, cofundador e Chief Risk Officer do Ebanx.

“Tudo o que a Remessa Online construiu nesses 5 anos de história foi focado em entregar as melhores soluções aos clientes que desejam operar internacionalmente, dentro de uma proposta que une transparência, eficiência e entendimento de suas reais necessidades, sejam pessoas ou empresas dos mais diferentes portes. Isto está totalmente alinhado com a nossa missão junto ao EBANX, de continuar transformando o ambiente de negócios no Brasil e no exterior”, complementa Fernando Pavani, fundador e CEO da Remessa Online.

O nicho de pagamentos internacionais, remessas e operações cross-border vem atraindo diversas fintechs brasileiras.

No Brasil, a Remessa Online tem como principal competidor a Wise (antiga TransferWise), fintech britânica que vem ampliando seu portfólio de produtos no país. No mundo todo, 11 milhões de pessoas e empresas usam a plataforma da Wise, que processa mensalmente mais de 6 bilhões de libras em transações internacionais.

Leia mais:

Payoneer chega ao Brasil para ‘exportar’ serviços locais para o mundo

Remessa Online acelera planos e vai lançar novos serviços para PJ

Pix é usado em 40% das compras online, mostra estudo da Ebanx

Ebanx deve entrar com pedido de IPO nos EUA, diz Bloomberg

[/et_pb_text][et_pb_text admin_label=”TAGS – NÃO MEXER” _builder_version=”4.9.5″ _dynamic_attributes=”content” _module_preset=”default” text_font=”|600|||||||” text_text_color=”#023146″ link_font=”|600|||||||” link_text_color=”#023146″ locked=”off” global_colors_info=”{}”]@ET-DC@eyJkeW5hbWljIjp0cnVlLCJjb250ZW50IjoicG9zdF90YWdzIiwic2V0dGluZ3MiOnsiYmVmb3JlIjoiVEFHUzogIiwiYWZ0ZXIiOiIiLCJsaW5rX3RvX3Rlcm1fcGFnZSI6Im9uIiwic2VwYXJhdG9yIjoiIHwgIiwiY2F0ZWdvcnlfdHlwZSI6InBvc3RfdGFnIn19@[/et_pb_text][/et_pb_column_inner][/et_pb_row_inner][/et_pb_column][et_pb_column type=”1_3″ _builder_version=”3.25″ custom_padding=”|||” global_colors_info=”{}” custom_padding__hover=”|||”][et_pb_signup mailchimp_list=”Finsiders Brasil|d1e4d69294″ first_name_field=”off” last_name_field=”off” success_message=”E-mail Cadastrado!” title=”Os principais empreendedores, investidores e executivos do setor leem. Junte-se a eles:” button_text=”Inscrever-se” admin_label=”Cadastro na News” _builder_version=”4.9.5″ _module_preset=”default” header_text_align=”left” background_color=”#023146″ custom_button=”on” button_text_color=”#ffffff” button_bg_color=”#0c71c3″ button_border_width=”0px” border_radii=”on|4px|4px|4px|4px” locked=”off” global_colors_info=”{}”][/et_pb_signup][et_pb_text admin_label=”Leia também” _builder_version=”4.9.5″ header_text_color=”#023146″ header_2_text_color=”#023146″ custom_margin=”||17px|||” locked=”off” global_colors_info=”{}”]

Leia também:

[/et_pb_text][et_pb_blog fullwidth=”off” posts_number=”3″ include_categories=”current” meta_date=”d/m/Y” use_manual_excerpt=”off” show_more=”on” show_author=”off” show_date=”off” show_categories=”off” show_excerpt=”off” show_pagination=”off” admin_label=”Artigos relacionados” _builder_version=”4.9.5″ _module_preset=”default” header_font=”|700|||||||” header_text_color=”#333333″ read_more_font=”|700|||||||” read_more_text_color=”#023146″ border_radii=”on|10px|10px|10px|10px” border_width_all=”0px” box_shadow_style=”preset2″ global_colors_info=”{}”][/et_pb_blog][/et_pb_column][/et_pb_section][et_pb_section fb_built=”1″ _builder_version=”3.22″ custom_padding=”19px|||||” global_colors_info=”{}”][et_pb_row column_structure=”1_3,2_3″ admin_label=”Autor – Redação” _builder_version=”4.9.6″ _module_preset=”default” custom_padding=”||0px|||” locked=”off” global_colors_info=”{}”][et_pb_column type=”1_3″ _builder_version=”4.6.5″ _module_preset=”default” global_colors_info=”{}”][et_pb_image src=”https://finsiders.com.br/wp-content/uploads/2021/06/Redacao-editor.png” title_text=”Redacao-editor” url=”https://www.linkedin.com/company/finsidersbrasil/” url_new_window=”on” align=”center” _builder_version=”4.9.6″ _module_preset=”default” width=”54%” global_colors_info=”{}”][/et_pb_image][/et_pb_column][et_pb_column type=”2_3″ _builder_version=”4.6.5″ _module_preset=”default” global_colors_info=”{}”][et_pb_text _builder_version=”4.9.6″ text_font=”||||||||” text_text_color=”#333333″ text_font_size=”18px” header_text_color=”#ffffff” custom_margin=”55px|||||” global_colors_info=”{}”]

Redação: Conteúdos produzidos pela equipe de jornalistas do Finsiders,
além de artigos de executivos do setor

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Tags:

Assine a newsletter
gratuita!

Os principais empreendedores, investidores e executivos do setor leem.
Junte-se a eles:

Siga nosso canal no WhatsApp!

Leia mais

Newsletter

Receba o Finsiders no seu e-mail